9 motivos para trabalhar em coworking


9 motivos para trabalhar em coworking

Apesar de ser um termo conhecido, muitos ainda não sabem exatamente o que significa um Coworking. Basicamente, trata-se de um espaço compartilhado dedicado a fornecer aos profissionais liberais, às pequenas equipes, aos empresários e funcionários remotos um lugar para trabalhar com pessoas de diferentes empresas, indústrias etc.
Em um coworking profissionais compartilham um mesmo espaço. É justamente o compartilhamento que torna esse tipo de local diferente de um escritório típico. Para você entender melhor, elencamos 9 motivos para trabalhar em coworking.

1. Foco no core business

O primeiro dos motivos para trabalhar em coworking não foi escolhido aleatoriamente. Ao utilizar um espaço compartilhado sua preocupação será em realizar o seu trabalho e cumprir as suas metas. Isso porque coworkings oferecem toda a infraestrutura e os serviços que você precisa: recepção, limpeza, segurança, wifi, salas de reunião etc. Ou seja, você não precisará se preocupar em manter os serviços funcionando, pois isso é de responsabilidade do próprio coworking.

2. Criar conexões

Alugar espaço em um coworking é cercar-se de empreendedores de alto desempenho orientados para objetivos. Em outras palavras: significa que você estará cercado por potenciais parceiros e clientes.

3. Geração de negócios

Como falamos sobre a criação de conexões como um dos motivos para trabalhar em coworking, não podemos deixar de mencionar a geração de negócios. Fazendo uma ligação com o item acima: em um coworking você tem, sob o mesmo teto, profissionais e empresas de diferentes ramos, os quais podem precisar do serviço que você oferece.

4. Menos gastos

Tornar-se locatário de um espaço de coworking é sinônimo de eliminar gastos básicos que você teria para manter seu negócio em um escritório típico, como internet, contas de luz, água, telefone, energia, IPTU, entre outros. Apesar de esse não ser o primeiro item da lista de motivos para trabalhar em coworking, sabemos que ele tem um peso importantíssimo, afinal, menos gastos é igual a mais lucratividade.

5. Mais escalabilidade

Ao utilizar um coworking você pode começar em uma estação de trabalho e migrar para uma sala mobiliada com espaço para mais profissionais à medida que seu negócio cresce. Ou seja, você pode escolher o que funciona para você e seu negócio.

6. Mais colaboração

Com profissionais das mais variadas expertises trabalhando lado a lado, existe uma atmosfera de colaboração. Além de estar mais propenso a novas oportunidades e ideias você pode, por exemplo, pedir opinião ou ajuda sobre algum problema que esteja passando. Resumindo: você economiza tempo e energia que gastaria para resolver algum contratempo (e pode ter uma ideia que não teria se estivesse em outro ambiente de trabalho).

7. Clientes mais perto

Os melhores espaços de coworking estão localizados em regiões centrais, de fácil acesso e com estacionamento próprio. Isso significa que seus clientes conseguirão chegar até você facilmente (e terão a comodidade de um local para deixar o carro sem tem que pagar por isso).

8. Fim das distrações

Qualquer pessoa que já tenha trabalhado em casa sabe de todas as tentações que existem: desde lavar a louça até assistir a algum seriado. Ao trabalharem em um coworking, profissionais liberais e empreendedores eliminam todas essas possíveis distrações, tornando-se muito mais produtivos.

9. Trabalhar de forma independente, mas não estar só

Seja profissional liberal, empreendedor, freelancer ou um profissional em trânsito, trabalhar em casa ou em um hotel pode ser solitário. Aqui vale lembrar dos outros motivos para trabalhar em coworking, uma vez que compartilhar espaço com outros profissionais significa ganho de conhecimento, troca de ideias, criação de conexões e oportunidades de novos negócios.

Quer saber como é trabalhar em um coworking? Venha conhecer a XPTO, um espaço com o propósito de impulsionar pessoas e gerar excelentes negócios.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Espaços de coworking trazem mais rendimentos para seu negócio

Melhore seus negócios: como escolher a localização da empresa?